O lado escuro dos telhados

Parece brincadeira, mas não é. A forma como estamos construindo nossos telhados está ameaçando o futuro das cidades. E não é só no Brasil. Em todo o mundo, construir cidades significa substituir o solo natural por telhados totalmente impermeáveis, áridos, quer causam enchentes, ilhas de calor e poluição do ar. Lajes e telhados são espaços…

Hiperconectividade verde em Barcelona – concurso de projetos investirá 1 milhão de euros para construção de 10 telhados verdes na cidade.

‘Queremos que a natureza da cidade seja uma verdadeira rede verde, e não um mapa de fragmentos isolados‘ – essa é basicamente a essência do compromisso que Barcelona assumiu com seu Plan del Verde y de la Biodiversidad de Barcelona 2013-2020. Enquanto NY investe em ações pontuais cirúrgicas para barrar o calor extremo com seu índice…

O que NY e Barcelona tem em comum? Parte 1

Além de serem duas das metrópoles mais influentes e visitadas do mundo,  estas cidades apresentaram nestes últimos meses posicionamentos agressivos para enfrentamento dos desafios climáticos urbanos. O mais interessante é que apesar da enorme diferença de escala entre estes cases (NY: 19,8 milhões de habitantes / Barcelona: 4,6 milhões de habitantes), as similaridades nos desafios…

Uma perspectiva verde para São Paulo

Quando pensamos em ações que podem melhorar nosso dia-a-dia vivendo dentro de uma grande cidade, geralmente focamos em nossas listas de tarefas e compromissos pessoais, e nos esquecemos que alguns dos maiores problemas que enfrentamos todos os dias são resultado da forma equivocada como a cidade vem ocupando o terreno. Quando vi estas fotos, com a ponte estaiada ao fundo, imaginei…

Os números do mercado de telhados verdes no mundo.

Os telhados verdes são uma das principais tendências da arquitetura e vem sendo promovidos em todo o mundo como tecnologia de impacto sócio-ambiental. Até aqui nenhuma novidade. O que pouca gente tem idéia é da dimensão dos impactos econômicos que esta tecnologia pode promover, então hoje eu quero falar um pouco sobre mercado!! Pois é. A Alemanha continua…

Pelas barbas de Júpiter – ou como um imperador romano criou a primeira lei para telhados verdes da história.

Pois é, parece que os telhados verdes já estão há milênios na pauta dos administradores públicos. Um documento do império romano datado do ano 800 d.C. (Capitulare de Villis) já decretava que os agricultores sob as asas do império deveriam cultivar uma planta chamada ‘barba de Júpiter’ sobre seus telhados: Et ille hortulanus habeat super domum suam Iovis barbam (“E…

Um telhado verde não faz verão

Hoje quero apresentar duas variáveis que fazem falta nas atuais iniciativas de incentivo aos telhados verdes no Brasil – mas antes, uma primeira pergunta: porque a administração pública deveria abrir mão de parte de seu orçamento e investir o dinheiro do contribuinte para subsidiar a instalação de telhados verdes em empreendimentos de iniciativa privada? Aqui resposta é simples: porque telhados verdes trazem benefícios públicos….

Em Santos, prefeitura concederá até 10% de desconto no IPTU para edificações que instalarem telhado verde, mas projeto ainda está no papel.

Me chamou a atenção uma notinha no rodapé em uma reportagem da revista EXAME  dizendo que em Santos, uma lei entrou em vigor em 22 de dezembro estabelecendo até 10% de desconto no Imposto Predial, Territorial e Urbano (IPTU) para edificações que instalarem telhado verde em 80% de sua cobertura. A notícia já havia sido veiculada em março…

Telhado Verde SESC Jundiaí

Um dos projetos mais legais do ano – o SESC de Jundiaí foi indicado como finalista na categoria Edifícios Culturais / Complexo Cultural e Esportivo. Um ótimo exemplo de como os telhados verdes vieram para ficar e estão ajudando a diversos empreendimento corporativos a se tornarem mais eficientes e humanos. Para comemorar esta retrospectiva, estivemos lá…

2015: o ano em que as galinhas subiram no telhado.

Galinheiro móvel – trator de galinhas dão uma mãozinha nos trabalhos do jardim. Nosso telhado verde está completando 1 ano e meio de plantio – é um sistema de cultivo super intensivo, com 50m2 de horta e 50m2 de gramado. E cuidar da grama dá trabalho! Cortar, rastelar, cortar, rastelar. Vale a pena, pois é…