Pelas barbas de Júpiter – ou como um imperador romano criou a primeira lei para telhados verdes da história.

Pois é, parece que os telhados verdes já estão há milênios na pauta dos administradores públicos. Um documento do império romano datado do ano 800 d.C. (Capitulare de Villis) já decretava que os agricultores sob as asas do império deveriam cultivar uma planta chamada ‘barba de Júpiter’ sobre seus telhados: Et ille hortulanus habeat super domum suam Iovis barbam (“E…

EXPO 2015 Milão: agricultura urbana é a última moda

Bom, se queremos falar em agricultura urbana um bom lugar para se começar a pesquisar é a Itália. Neste ‘piccolo paese’, as fronteiras entre o urbano e o rural se sobrepõem, e em todo canto se vê a terra sendo trabalhada – canteiros de estradas, bordas de ferrovias, praças, varandas, terrenos baldios, telhados, coberturas… Por estes (e…

Varandas, paredes e telhados verdes na mira de arquitetos e urbanistas.

Pesquisa comprova que árvores podem ser cultivadas de forma extensiva mesmo sobre estruturas em grandes alturas: mas será que vale a pena? Em busca de saídas criativas para trazer mais árvores e verde para centros urbanos cada vez mais densamente povoados, arquitetos e urbanistas de todo o mundo tem virado suas atenções para os (antes depreciados) telhados, paredes e varandas de prédios e grandes edificações. O Council on…

Hotel produz comida no telhado e economiza mais de 30 mil dólares por ano.

Quando o hotel Fairmont decidiu apostar na diferenciação ecológica de seus serviços, não estava brincando. Inaugurado em 1991, os 2.100m2 da laje de cobertura do 3º pavimento deram lugar ao primeiro telhado verde de Vancouver (Canadá), onde são cultivadas mais de 20 variedades de folhagens, ervas, temperos, hortaliças, frutas e flores comestíveis. Além de proporcionar…