Telhado verde – indo além do básico.

Quando o arquiteto Ricardo Hering decidiu construir sua residência em Ilhabela, litoral norte de São Paulo, sabia bem onde estava pisando e dos desafios que lhe aguardavam. Por estar muito próximo a uma área de preservação ambiental, desde o início o projeto teve que lidar com a responsabilidade de causar o menor impacto local possível – para conseguir isso, Ricardo decidiu ir além do óbvio e resolver fazer mais do que o mínimo necessário.

Os telhados verdes emolduram todo entorno da residência, criando uma barreira térmica que ajuda (e bastante) a melhorar a sensação de conforto térmico.

Além dos cuidados com a locação no terreno, o desenho incorporou árvores pré-existentes e componentes do relevo (como pedras e desníveis) para uma maior integração. Todo projeto se valeu de técnicas de eficiência energética e conservação de água, dispondo de telhados verdes para isolamento térmico e amortização de chuvas (sobre mais de 50% da área construída), cisterna para armazenamento de água da chuva, biodigestores para tratamento de esgoto, painéis fotovoltaicos para geração de energia elétrica, aquecimento solar de água, solartubes e muita iluminação natural!!

Além dos benefícios para desempenho e operação da residência, o telhados verde, nesta imagem cultivado com vegetação nativa, é útil também para a biodiversidade local.

Agora, o que realmente torna esta casa especial são 2 características: acessibilidade e automação. Ricardo é cadeirante e sua experiência neste assunto vai além das teoria e das salas de aula. Extremamente ativo, fez questão de centralizar toda a operação da residência em um painel de controle estrategicamente posicionado e acessível, onde é possível ajustar deste os controles de irrigação dos jardins e telhados verdes, até a válvulas de caixa d’água, piscina e tratamento de água e esgoto.

Para contar um pouco mais essa história, ninguém melhor que o próprio arquiteto, que compartilha sua experiência com os telhados verdes no vídeo abaixo – confira:

Como você pode ver no vídeo, os telhados verdes cumpriram diversas funções ecológicas importantes no projeto, mas o que realmente encantou Ricardo e sua família foi a possibilidade de usar o telhado verde como uma área extra de lazer: o posicionamento privilegiado no alto da residência transformou-se em um verdadeiro mirante, de onde é possível ter um panorama incrível da ilha. Veja abaixo algumas fotos que selecionamos para você:

Quer saber mais detalhes sobre este e outros projetos de telhado verde? Cadastre seu email para receber nossa newsletter com conteúdos exclusivos e novidades sobre o mercado dos telhados verdes  no Brasil.



Deixe uma resposta