Se sujar faz bem

on
Por aqui, a gente sempre fala sobre os benefícios dos jardins para as cidades e para sua casa. É claro que sabemos que as plantas trazem benefícios diretos também para nós, seres humanos. Mas hoje estava lendo este artigo, onde a jornalista Amanda Little conta por que ela decidiu fazer uma pequena horta no seu quintal.
Neste artigo ela conta histórias muito legais e que me motivam ainda mais a continuar nesta missão de transformar cidades em cidades jardins. Sempre pensamos que os impactos dos telhados verdes só seriam percebidos quando adotados de forma coletiva, pelo máximo possível de construções. É verdade, mas temos certeza também da importância pontual, do impacto da mudança em cada quintal.
Cuidar da horta é mais barato que terapia e você ainda colhe os tomates.
Comecei a lembrar que quando eu era criança, era muito mais comum as pessoas terem quintais com árvores, muitas vezes frutíferas, hortas e muitas plantas. Hoje em dia, a maioria dos quintais que conheço são sem terra, com pisos “mais fáceis de limpar”… pouco ou nenhum vaso, porque não dá tempo de cuidar – ou no máximo, vasos de buchinhos na porta e um gramado na frente. E de preferência, um jardineiro pra cuidar.
Nossa sociedade se afastou totalmente do contato com a natureza. Ficamos com medo da sujeira dos jardins. Mas ao contrário do que se pensa, sujar as mãos na terra é ainda mais benéfico do que se imagina. Em 2007, um estudo da Universidade de Bristol mostrou que uma bactéria existente no solo (Mycobacterium vaccae), quando injetada em ratos, estimula os neurônios e libera serotonina no cérebro. Funciona como um gatilho que eleva o humor e diminui a ansiedade
Então, parece que este é um remédio que está ao alcance de qualquer um, não é?
Eu uso e recomendo!
Arquivo 26-01-17 15 45 52

Alguns artigos para aprofundar:

Conta pra gente sua experiência com jardinagem. Você tem um jardim, uma horta? Cuidar desse jardim te faz bem?


[mc4wp_form id=”2144″]

1 comentário Adicione o seu

  1. Maria Dalva da Cruz disse:

    Muito legal? Uma forma de sustentabilide e qualidade de vida nas cidades. Amo

Deixe uma resposta