O que dá para colher em um telhado verde?

on

Pois é, essa é uma das perguntas que sempre me fazem: o que é que eu posso produzir em uma horta no telhado? A resposta é rápida – praticamente tudo! Essa semana estamos reformando nossa horta no telhado para plantar o que mais consumimos em casa. Estamos preparando um calendário para que a gente possa fazer a feira no telhado, sempre tendo à disposição nossos alimentos preferidos.

Já faz um tempo que cultivamos comida em nosso telhado, mas até agora, de uma forma mais experimental, onde quisemos testar quais espécies eram possíveis de se cultivar entre 5 e 10 cm de substrato.

Testamos e aprovamos uma grande lista de espécies. Dá uma olhada no que a gente já colheu:

  1. tomate
  2. alface
  3. cenoura
  4. rúcula
  5. couve
  6. milho
  7. berinjela
  8. abóbora
  9. manjericão
  10. uva
  11. hortelã
  12. sálvia
  13. alecrim
  14. salsão
  15. alho-poró
  16. capuchinha
  17. pimenta dedo-de-moça
  18. almeirão
  19. pimentão
  20. batata
  21. camomila
  22. trigo
  23. milho
  24. brócolis
  25. coentro
  26. morango
  27. couve
  28. espinafre

Na semana passada li um artigo muito legal contando várias histórias sobre agricultura urbana, mas o que me chamou a atenção foi o título, porque ele descreve exatamente o que nos motiva a cultivar comida no nosso telhado: a única forma de se obter alimentos realmente seguros é cultivando-os!! Se quiser pode ler o artigo original em inglês aqui: To get the food they believe in, these urbanites grow their own. É bem legal, conta histórias de vários fazendeiros urbanos que cultivam sua própria comida em seu quintal, de verduras e frutas, até ovos e queijos!

Aqui em casa construímos nosso telhado verde da seguinte maneira: temos uma área de aproximadamente 100m2, que dividimos em 2 partes. Metade fizemos um gramado para lazer, e na outra metade, a horta, ou seja temos em torno de 50m2 para produzir. Usamos uma camada entre 5 e 10 cm de composto orgânico e para drenagem usamos o sistema de bandejas Flat Cidade Jardim que tem como ‘bônus’ um reservatório de água extra que guarda 17 litros/m2 além de irrigação por gotejo. Por fim, temos ainda luz solar abundante!

20140909_142945514_iOS

Cuidar da horta é trabalhoso, mas é simples e possível.

Manutenção horta e gramado

Queremos inspirar as pessoas com nossa história e também com a história de diversas pessoas que já estão fazendo isso, cultivando seus próprios alimentos em seus quintais, telhados, varandas e paredes e com isso, tendo a disposição alimentos frescos e orgânicos.

Em breve mais notícias sobre a nossa horta! Conte-nos o que achou!

 

 

4 comentários Adicione o seu

  1. Emerson Fontanella disse:

    Sou sindico de um condomínio em Curitiba, temos uma área social com jardins no 4 andar do prédio, e acho um desperdício de espaço, pois podemos produzir muita coisa. Ja tenho a ideia de hortas e pomar aprovado em assembléia, mas nem sei por onde começar.
    O prédio é novo, com um conceito moderno e auto sustentável, mas poucas coisas foram implantadas pela gestão anterior.
    Queria ser pioneiro em um projeto inovador em Curitiba.
    Tenho muitos contatos, e consigo espaço até na midia paranaense, jornal e tv, caso eu consiga executar esse projeto.
    Teriam como me ajudar, ou indicar alguem?
    Grato
    Emerson Fontanella
    iGLOO Curitiba

  2. Sérgio Rocha disse:

    Olá Emerson, tudo bem? Obrigado pelo contato!! Por gentileza envie um email para ricardo.scarda@institutocidadejardim.com.br e conversamos inbox.

  3. Helen Luz disse:

    Não recebi meu ebook: telhados verdes: da pré-história ao velho oeste americano.
    Estou no aguardo:

    1. Sérgio Rocha disse:

      Olá Helen! Obrigado pelo contato. Acabo de enviar inbox para o email informado – hluzsilva@gmail.com – depois dá um retorno pra gente dizendo se deu certo e contando o que achou do ebook. Abs!!

Deixe uma resposta